Flávia Alessandra abre o jogo sobre os cuidados com o corpo

Flavia Alessandra abre o jogo sobre os cuidados com o corpo

Flávia Alessandra abre o jogo sobre os cuidados com o corpo
Aos 43 anos, atriz exibe ótima forma física
43 anos, duas filhas e uma carreira de dar inveja em muita gente. Flávia Alessandra pode, sim, ser considerada uma super mulher. Fora das telinhas desde seu último papel, a vilã Sandra, de Êta Mundo Bom!, da Globo, a esposa de Otaviano Costa tem se dedicado ao cinema. 
Uma das estrelas de Polícia Federal – A Lei É Para Todos, que estreou no começo de setembro, bateu um papo com a revista Women's Health, onde falou um pouco sobre o casamento, família e, claro, a saúde.
"Sempre fui uma mãe muito tranquila. Acho que a única diferença é que a Giulia ficava mais sozinha e a Olivia tem uma segunda mãe, praticamente. A gente jamais imaginou que elas seriam tão coladas. Achava que teria duas filhas únicas, porque iam acabar crescendo separadamente. Mas, na minha atitude, o tratamento é muito parecido com ambas. Imponho limites. Sentou na mesa, é para comer, nada de celular, por exemplo. Mas, no geral, sou bem relax com elas", afirmou a atriz sobre as duas filhas, Giulia e Olivia. 
Sobre o marido, Otaviano, e sua relação com o apresentador, a estrela afirma que não existe segredo para dar certo.
"Ah, ninguém descobriu essa fórmula. Eu julgo nosso relacionamento ainda recente. Nós só estamos juntos há dez anos, mas somos muito parecidos e isso facilita tudo. Inclusive quanto à carreira, ele começou a trabalhar muito cedo, assim como eu. Temos um estilo de vida semelhante, passamos por várias das mesmas coisas e também esperamos as mesmas coisas do futuro. Nós queremos viajar juntos e aproveitar a vida. Mas se é pra dar uma dica, eu diria que conversar sempre, dar um tempo pra acalmar os ânimos quando estiverem irritados e, então, falar do que não está legal. Nós dois temos opiniões muito fortes, somos muito teimosos, então é preciso equilibrar com muito diálogo", disse.
Sobre a saúde, a atriz revelou que come de tudo, mas equilibradamente.
"É equilíbrio. Sou de uma época em que se comia de tudo, nem tínhamos muita consciência do que fazia bem ou mal. Minha mãe apenas equilibrava os alimentos, cortando refrigerante e doces durante a semana, por exemplo. Eu como de tudo, de forma equilibrada, tenho meus exames em dia. Mas tomo meu chope no fim de semana, sim! Isso me faz feliz, quando é de forma dosada e equilibrada. Saúde é cuidar da cabeça também. Vá ser feliz, faça o que dá prazer!", encerrou. 
43 anos, duas filhas e uma carreira de dar inveja em muita gente. Flávia Alessandra pode, sim, ser considerada uma super mulher. Fora das telinhas desde seu último papel, a vilã Sandra, de Êta Mundo Bom!, da Globo, a esposa de Otaviano Costa tem se dedicado ao cinema. 
 
Uma das estrelas de Polícia Federal – A Lei É Para Todos, que estreou no começo de setembro, bateu um papo com a revista Women's Health, onde falou um pouco sobre o casamento, família e, claro, a saúde.
 
"Sempre fui uma mãe muito tranquila. Acho que a única diferença é que a Giulia ficava mais sozinha e a Olivia tem uma segunda mãe, praticamente. A gente jamais imaginou que elas seriam tão coladas. Achava que teria duas filhas únicas, porque iam acabar crescendo separadamente. Mas, na minha atitude, o tratamento é muito parecido com ambas. Imponho limites. Sentou na mesa, é para comer, nada de celular, por exemplo. Mas, no geral, sou bem relax com elas", afirmou a atriz sobre as duas filhas, Giulia e Olivia. 
 
Ao falar do marido, Otaviano, e sua relação com o apresentador, a estrela afirmou que não existe segredo para dar certo.
 
"Ah, ninguém descobriu essa fórmula. Eu julgo nosso relacionamento ainda recente. Nós só estamos juntos há dez anos, mas somos muito parecidos e isso facilita tudo. Inclusive quanto à carreira, ele começou a trabalhar muito cedo, assim como eu. Temos um estilo de vida semelhante, passamos por várias das mesmas coisas e também esperamos as mesmas coisas do futuro. Nós queremos viajar juntos e aproveitar a vida. Mas se é pra dar uma dica, eu diria que conversar sempre, dar um tempo pra acalmar os ânimos quando estiverem irritados e, então, falar do que não está legal. Nós dois temos opiniões muito fortes, somos muito teimosos, então é preciso equilibrar com muito diálogo", disse.
 
Sobre a saúde, a atriz revelou que come de tudo, mas equilibradamente.
 
"É equilíbrio. Sou de uma época em que se comia de tudo, nem tínhamos muita consciência do que fazia bem ou mal. Minha mãe apenas equilibrava os alimentos, cortando refrigerante e doces durante a semana, por exemplo. Eu como de tudo, de forma equilibrada, tenho meus exames em dia. Mas tomo meu chope no fim de semana, sim! Isso me faz feliz, quando é de forma dosada e equilibrada. Saúde é cuidar da cabeça também. Vá ser feliz, faça o que dá prazer!", encerrou. 
 

Ofuxico – RSS
Fonte: O Fuxico

Leave a Reply

Your email address will not be published.